Não consigo encontrar uma casa que mi aceite.

oya2
Ola Mãe Andreia sua abença
Meu nome é Flavia sou travesti
Gostaria muito de frequentar uma casa de candomblé mas tenho medo de sofrer preconceito por parte das pessoas Tenho muita fé em minha mãe Ynhassã, não sei se sou filha dela mas amo demais esse orixa, um dia tinha o sonho de fazer santo mas numa casa que mi aceitasse como eu sou. Mas infelizmente em todas religião os travestis são visto de maus olhos mas o que não entendo è que muitos pai de santo gay e filhos gay colocam torsos no ori bem apertado que puxam a sombracelha parecendo a Greta Garbo, dão pinta com pano da costa, a maioria dar pombagira e no final criticam as travestis não entendo esse povo mãe andreia acho que eles criticam as trava é porque eles não tem a coragem que as travestis tiveram de se transformarem eu vou vivendo minha vida o dia que meu orixa quiser ele vai arranjar uma casa que mi aceiti. Se a senhora estivessi no Brasil eu gostaria de frequentar sua casa, mas sei que a senhora viaja muito e quase não fica no Brasil. Caso a senhora publique meu email eu sei que será quase que impossivel não acredito que a senhora irá publicar porque eu sou travesti, mas caso publique muito obrigada e por favor reze por mim.

sofo
Sofo Andreia Camargo responde:
Olá Flavia Meu pai Bessem que lhe abençõe e lhe cubra de felicidades.
Por que eu não haveria de publicar seu email? Para mim você é um ser humano igual a todos que me enviam email. Respondendo ao seu desabafo, não se preocupe com os sacerdotes que criticam a sua condição de travesti, procure não se sentir vítima da sociedade e não tenha medo daquilo que você é nem busque desculpas nos defeitos alheios, tenho certeza que você encontrará roça de orisa/vodun/Nkice que irá lhe aceitar sem nenhum preconceito porque estive vendo que existem muitas travestis inserida dentro de roças de candomblé hoje em dia, a unica coisa que eles irão exigir obviamente é que haja um grande respeito pelo sagrado e que você saiba retribuir a confiança que lhe for dada. Eu mesma tenho algumas filhas travestis. No mais não vejo por que não aceitar uma travesti numa roça, não há nenhuma diferença entre você e uma pessoa hétero, Aconselho você entrar de coração aberto, fazendo a sua parte não se importe com o que as pessoas pensam ou digam, busque a sua felicidade importando-se com o teu sagrado. Desejo que sua busca pelo sagrado termine o mais rapido possível e que você seja feliz.
Estarei aqui torcendo por você e não deixe de nos informar quando encontrar sua roça de candomblé.
O Rei Dan é Vivo
Dangbe Gbenoi

vanni.camargo@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s