O novo candomblé da modernidade

oya2

Sua Abença minha velha
Sou Dofona de Oya
Sou iniciada no Jeje Mahi há 17 anos e sou uma admiradora do seu trabalho, gostaria de parabeniza-la e aproveitar tirar uma pequena duvida sobre o que é ou o que não é aceito em determinadas nações de candomblé, no Jeje conservador não se podia incorporar com catiço, preto velho, caboclo, hoje os chamados sacerdotes modernos incorporam com tudo como se fossem uma casa de umbanda no passado era proibido muitas coisas mas como a senhora mesmo diz com a modernidade criou-se um novo candomblé, o moderno onde tudo é possível e se ver em todas nações, esse modernismo ira acabar com o candomblé ou nossa religião esta passando por reformas que deveriam ser passadas pelo tempo que vivemos, será que não deveríamos ser mais aberto e aceitar a modernidade para que possamos evoluir? porque tudo que é novo amedronta e os antigos não aceitam porque faz com que eles percam o poder adquirido no longo dos anos.
Afinal quem esta com a razão a evolução dentro das religiões ou o passado e sua conservação?

sofo

Sacerdotisa Andreia Camargo responde:
Salve dofona
Meu pai que lhe abençoe – abença dofona
O problema não é evoluir mas a destruição que está sendo feita do candomblé por pessoas que não tem o mínimo de fundamento e respeito pelos nossos mais velhos, ao longo dos anos tudo se modifica é natural, mas conservando a essência, a raiz mas infelizmente muitos ritos estão sendo abandonados por causa da vaidade e ostentação de muitos chamados sacerdotes modernos, onde o que conta é apenas ostentar um poder inexistente e uma falsa religiosidade porque somente o dinheiro é que conta. Esse modernismo está assassinando o candomblé e uma nova religião vem surgindo, a evolução pode ser bem aceita dentro de religiões desde que não destrua sua essência. Hoje uma pessoa humilde não pode ser iniciada no chamado candomblé moderno por causa dos preços exorbitantes que os sacerdotes e sacerdotisas cobram, existe um grande comércio religioso onde somente as classes mais alta tem acesso e injustamente o dinheiro compra grau.
Quem está com a razão? Somente o tempo responderá sua pergunta…Quem viver verá!
O Rei Dan é vivo
Dangbe Gbenoi

email: vanni.camargo@gmail.com


2 comentários

  1. Perfeita a resposta, lembrando que não existe jeje moderno, jeje é um só, quem quiser virar com catiço, preto velho, caboclo, guardado o devido respeito a estes ancestrais, vá então para a Umbanda, que é o segmento mais apropriado para cultuar estes ancestrais. Kituto não mistura com Vodum/Orixá, e demais forças da natureza.

    1. Kolofe meu irmão.
      Concordo plenamente, infelizmente a falta de compreensão, conhecimento faz com que encontramos essas aberraçoes, e a loucura é imensa, prepotencia e falta de humildade faz desses sacerdotes criadores de novas religioes, O pior que se denominam da nação de Jeje coisa que nao é verdade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s