5 comentários

  1. Olá Andréia, meu nome é Gustavo, sou Antropólogo da religiao. Li o seu livro, pergunta que eu respondo. Na pergunta número 2, uma filha de santo queria procurar uma igreja evangélica…. Que isso Andréia? Voce “praticamente” ameaça a jovem dizendo: “onde esta o amor pelo seu orixá ?” voce fala de discriminação. Discriminação maior cometeu você contra a religiao que ela escolheu, se a Umbanda ou o Candomble sao tão abertos assim como voce diz, nao deveria ter agido daquela forma, pela sua conduta, nao vejo abertura nenhuma ali, pelo contrario, muito preconceito seu. Dai eu pergunto? Pra que fazer cabeça ? Pra fechar cada vez mais pro mundo, fazer proselitismo ? Ah por favor né. Espero que leia com a cabeça aberta.

    1. Salve “senhor” Gustavo.
      Onde o senhor viu ameaça da minha parte??? Pelo contrario eu incentivo a senhora em questao ir para a igreja e deixar o candomblé apos varios comentarios homofobicos alem de denegrir o candomblé.
      Primeiro de tudo gostaria de deixar claro que eu recebo varios emails pedindo a “minha opiniao” sobre fatos ocorridos na vida religiosa de meus leitores e eu expus com franqueza e acho que todos devem terem o direito de escolher qual caminho é melhor para sua vida, nao houve jamais discriminaçao nem preconceito sobre meus comentarios espero que leia com maior atençao a questao é que se o “senhor” for iniciado sabe que existem juramentos e segredos que se passam dentro do quarto secreto (ronco, sabaji, hundeme) e a minha critica nao foi em relaçao ela mudar de religiao mas a de denegrir o candomblé, creio que o senhor esta fazendo um dialogo de um evangélico que se sentiu ofendido, espero ter mi enganada. A questao foi as criticas que a pessoa em questao levantou fazendo disso uma polemica.
      No mais gradeço a sua participaçao e espero ter esclarecido que nao tenho motivo para discriminar ninguem mas somente critico aqueles que cospem no prato onde comeram. Poderia ter cancelado seu comentario mas achei digno responde-lo e mostra-lo que uso de clareza e nao de subterfugios por motivos obscuros. Assim como as pessoas me enviam um email obviamente elas querem ouvirem uma resposta e nem sempre na vida as respostas sao positivas.
      O Rei Dan é vivo
      Dangbe Gbenoi.

      Obs.: Desculpe a falta de apontuaçao…

      Segue abaixo o texto completo quem nao entendeu o que leu… senhor Gustavo.

      Abandono o candomblé e vou para a igreja evangélica
      Kolofe Mãe Andreia
      Sou Marcia Ty Oxum
      Tive muitas desilusões no candomblé fui muitas vezes humilhada, diminuida perante outros irmãos de santo fui escravisada, gastei o que não tinha e nunca foi reconhecido meu sacrificio. Pensei em ir para a igreja evangélica porque talvez la seja melhor que ficar numa religião que ti apredejam. Gostaria de um conselho seu se possivel, ja mudei de casa, quatro vezes, iniciei na Angola depois dei obrigação no efon depois fui para uma casa de ketu, sai e fui para outra casa de ketu e nenhuma deu certo fui tratada como encherto em todas elas tenho 15 anos de santo feito. O pior de tudo é que não consigo aceitar muita homossexualidade dentro da religião uma cambada de sapatão sem educação e os homossexuais mal educados que vivem dando escandalo, a maioria querem colocar torço e rebolar no salão sem respeitar o santo. Será que o sagrado aceita essa putaria toda?

      Sacerdotisa Andreia Camargo responde:
      Meu pai Dan Gbe lhe abençõe e lhe dê compreenção
      Márcia a coisa é feia mesmo, você mudou de quatro casas, ainda quer dizer que trataram como encherto.
      Ou você procurou as piores casas, ou o problema está com você, vamos por parte.
      Você diz que pensa em ir para a igreja evangélica, acho que devería mesmo ir para essa ou outra igreja qualquer correndo. Porque uma pessoa que vira as costas para o sagrado por causa dos humanos não merece estar no candomblé, você vende sua religião ao encontrar os obstáculos e pedras no seu caminho, agora eu te pergunto:
      “O que Osun (Oxum) tem haver com tudo isso? Onde está o amor pelo seu orisa?
      Quanto ao seu comentário homofóbico, existem homossexuais dignos dentro do santo e aqueles sem dignidade, da mesma forma que existem héteros dignos e os sem dignidades, não deve generalisar, O problema é que as casas que você frequentou eram desse nível, se você não sabe, a unica religião que abre as portas para qualquer tipo de pessoa sem distinção de raça, de cor é o candomblé, se isso te incomoda você está perdida tente se achar em outra religião extremista, onde o racismo impera disfarçado de bons costumes. Minha filha você está perdendo tempo no candomblé vá correndo para uma igreja evangélica arranje um emprego e sustente seu pastor. Somente os escolhidos estão no candomblé você é uma das pessoas com certeza que não foi escolhida. Com certeza você será uma daquelas pessoas frustadas que vão para outra religião e começam a dar testemunho generalisando toda religião afro-brasileira, amaldiçoando até mesmo seu Orisa, como você, existe muitas pessoas por ai defamando o povo de asé. Por tanto vá siga seu caminho e seja feliz, pessoas como você não merece estar no candomblé.
      O Rei Dan é vivo
      Dan Gbe Gbenoi

      1. Salve, benção mãe , axé ou a paz do Senhor. Por que eu comecei assim o texto. Primeiro eu gostaria de agradecer a resposta que me deu, e confirmar o que você disse ” às vezes na vida as respostas não são positivas” . Comecei o texto assim, por um motivo, são várias saudações, isso quer dizer que se sou evangélico , umbandista , protestantes , kardecista, isso não importa , isso não traz nada. Há um ditado que diz ” a placa da igreja cai na sua cabeça e ainda te mata” Não falo aqui como você pensou ( um religioso, adepto , membro), mas como um pesquisador. E quando você disse pra ela sobre o orixá, que já botei na minha primeira pergunta, agora eu pergunto a você dona Andreia, Olorum está com ela no terreiro certo? Ele não estaria com ela em uma igreja ? Ou será que Olorum , ou que seja, o orixá dela é limitado. Por que ouve se falar que O Deus do cristianismo não é. Então não seria o mesmo deus? Saindo do terreiro, acabou? E no dia a dia dela, como ficaria?
        Outra coisa. Às vezes dentro de igrejas, tanto evangélicas como católicas, há preconceito, mas não exagere como deu na resposta a ela, não são todos ovelhas, mas nem todos lobos. E às vezes essa religião não é pra ela. Já atendi pessoas que passaram por mais de 15 , até acharem uma em que se enquadrassem. Quer sair saia, quer ficar fique. Não há “pecado” em não gostar da mãe de santo, do padre , do pastor. Não gostou ? Au revoir. Só pra finalizar, gostei da parte em que diz que não cancelou meu comentário. Mas pra que cancelar? Não lhe ataco pessoalmente, não ataco sua religião, não lhe agrido verbalmente. Tá na chuva é pra se molhar. A partir do momento que você publica um livro, um blog, um vídeo, sabe que vai ter positivos e outros vão discordar, discordar da ideia. Aí é problema meu, e se você aceita é problema seu, não é verdade. Você pode aceitar como não. Se chama livre arbítrio. Abraços.

  2. Salve senhor Gustavo
    Obviamente sendo uma pessoa publica sou preparada para qualquer incoveniente seja ele positivo ou negativo, mas a questao é que voce nao entendeu nada do texto acima, eu estava me referindo ao modo como ela pessoa denegriva a casa de pessoas que ela frequentou, segundo, ninguem é obrigado a ser de candomblé e eu particularmente creio que o maior Deus é aquele que habita dentro de voce dizendo isso quero deixar claro que se voce nao ama o seu Deus interno nao podera venera nenhum Deus fora do que existe dentro de voce. Agradeço sua participaçao e espero que tenha entendido a questao, jamais ameaçaria alguém por questoes religiosas, pelo contrario acho que cada um deve ter seu livre arbitrio de escolha e seguir sua estrada. Termino por aqui lhe deixando um abraço e agradecendo por ter adquirido o livro.
    Atenciosamente
    Andreia Camargo

    1. Ok. Denigrir não, mudar…. Por que não ? Só pra terminar, Deus diz na Bíblia que, Não habita em construções feitas por mãos humanas. Assim está querendo dizer, que não se limita a quatro paredes, ele está com você , dormindo , no banho , na cozinha , no terreiro ou na igreja, isso só depende do fiél. E confesso gostei muito do livro.
      Um grande abraço, a paz de nosso Deus e axé em nossa vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s