Sou de Oxala com vodun Jò pode?

images
Boa noite Mãe de Santo Andréia,
Tive o imenso prazer de achar seu e mail na internet através do link :
Vivo em Vitória-ES. Ano passado fui raspado de Oxoguian. Tenho uma imensa dúvida que agora vou descrever:
No dia em que fui tirar a lista completa da minha feitura, meu pai de santo, quase no final do jogo, identificou Jó Malderen em minha vida.
Explicou me que esse vodum faz parte da ancestralidade de minha família por parte de mãe.
Na minha feitura, carreguei o Kelê de Oxaguian e meu pai de Santo também fez um kelê desse vodun, ou seja, carreguei os dois.
A minha maior dúvida é: porque eu carreguei o kelê de Jó Malderen com o kelê de Oxaguian????? Informo também que na feitura eu assentei esse vodun, e o mesmo recebeu oferenda de bicho de pena.
Jó Malderen viveu como ser humano na terra ?????
Tudo isso é certo ?????
Se tiver algum telefone ou zapzap em que eu possa entrar em contato, ficarei muito grato. Eu tenho muitas dúvidas sobre minha feitura.
Informo também que meu pai de santo é da nação Nago-Vodun.
Muito obrigado pela sua ajuda !!!!!!!
Um admirador
andreiacamargo2
Sacerdotisa Andreia Camargo responde:
Salve dofono o prazer é todo meu poder estar tirando algumas duvidas.
Eu costumo dizer sempre a todos que querem se iniciar procurem frequentarem uma determinada casa por no mínimo um ano e visitem outros axés até que você tenha certeza que encontrou a casa certa porque o Tà (ori) é seu e deve ser cuidado com carinho e muito amor. Quanto a seu pai ter visto esse detalhe no jogo sobre vodum Jò creio que cabe somente a ele explica-lo procure dar tempo ao tempo e com certeza ele ira dizer.
O modo de funcionar das casas de candomblé no Brasil variam muito se desvinculando de suas casas matriz isso faz com que se criem axés independentes sem controle e com atividades inovadora, você me questionou se o que seu pai fez é certo, eu respondo independente de certo ou errado se você não confia no seu sacerdote porque continuar na casa dele se há essa desconfiança? Errado ou certo? Quem sou eu para definir o que é errado ou certo, a unica coisa que posso lhe dizer meu caro que existem diversidades e modo de cultuar o sagrado apesar de meus quase 36 anos de iniciada não me julgo a dona da razão, mas creio que a questão não é o certo ou o errado mas a credibilidade que você dedica ao seu sacerdote, melhor que viver com dúvidas é abandonar aquilo que você não confia. Que vodum Lissa possa abençoa-lo e lhe trazer humildade e longa vida.
O Rei Dan é vivo
Dangbe Gbenoi


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s