Monteiro Lobato

156x133_monteirolobato
Semana dos grandes escritores:
Nome completo: José Bento Renato Monteiro Lobato
Nascimento 18 de abril de 1882
Taubaté, Província de São Paulo, Império do Brasil (hoje município de Monteiro Lobato, SP, Brasil).
Morte 4 de julho de 1948 (66 anos)
Nacionalidade Brasileiro.

Contista, ensaísta e tradutor, este grande nome da literatura brasileira nasceu na cidade de Taubaté, interior de São Paulo, no ano de 1882. Formado em Direito, atuou como promotor público até se tornar fazendeiro, após receber herança deixada pelo avô.  Diante de um novo estilo de vida, Lobato passou a publicar seus primeiros contos em jornais e revistas, sendo que, posteriormente, reuniu uma série deles em Urupês, obra prima deste famoso escritor.

Em uma época em que os livros brasileiros eram editados em Paris ou Lisboa, Monteiro Lobato tornou-se também editor, passando a editar livros também no Brasil. Com isso, ele implantou uma série de renovações nos livros didáticos e infantis.

Este notável escritor é bastante conhecido entre as crianças, pois se dedicou a um estilo de escrita com linguagem simples onde realidade e fantasia estão lado a lado. Pode-se dizer que ele foi o precursor da literatura infantil no Brasil.

Suas personagens mais conhecidas são: Emília, uma boneca de pano com sentimento e ideias independentes; Pedrinho, personagem que o autor se identifica quando criança; Visconde de Sabugosa, a sabia espiga de milho que tem atitudes de adulto, Cuca, vilã que aterroriza a todos do sítio, Saci Pererê e outras personagens que fazem parte da inesquecível obra: O Sítio do Pica-Pau Amarelo, que até hoje encanta muitas crianças e adultos.

Coleção de obras do autor.
1921 – O Saci
1922 – Fábulas
1927 – As Aventuras de Hans Staden
1930 – Peter Pan
1931 – Reinações de Narizinho
1932 – Viagem ao céu
1933 – Caçadas de Pedrinho
1933 – História do Mundo para as Crianças
1934 – Emília no País da Gramática
1935 – Aritmética da Emília
1935 – Geografia de Dona Benta
1935 – História das Invenções
1936 – Dom Quixote das crianças
1936 – Memórias da Emília
1937 – Serões de Dona Benta
1937 – O Poço do Visconde
1937 – Histórias de Tia Nastácia
1939 – O Picapau Amarelo
1939 – O Minotauro
1941 – A Reforma da Natureza
1942 – A Chave do Tamanho
1944 – Os doze trabalhos de Hércules (dois volumes)
1947 – Histórias Diversas
Outros livros infantis
Alguns foram incluídos, posteriormente, nos livros da série O Sítio do Picapau Amarelo. Os primeiros foram compilados no volume Reinações de Narizinho, de 1931, em catálogo apenas como tal até os dias atuais.

1920 – A menina do narizinho arrebitado
1921 – Fábulas de Narizinho
1921 – Narizinho arrebitado (incluído em Reinações de Narizinho)
1922 – O marquês de Rabicó (incluído em Reinações de Narizinho)
1924 – A caçada da onça
1924 – Jeca Tatuzinho
1924 – O noivado de Narizinho (incluído em Reinações de Narizinho, com o nome de O casamento de Narizinho)
1928 – Aventuras do príncipe (incluído em Reinações de Narizinho)
1928 – O Gato Félix (incluído em Reinações de Narizinho)
1928 – A cara de coruja (incluído em Reinações de Narizinho)
1929 – O irmão de Pinóquio (incluído em Reinações de Narizinho)
1929 – O circo de escavalinho (incluído em “Reinações de Narizinho, com o nome O circo de cavalinhos)
1930 – A pena de papagaio (incluído em Reinações de Narizinho)
1931 – O pó de pirlimpimpim (incluído em Reinações de Narizinho)
1933 – Novas reinações de Narizinho
1938 – O museu da Emília (peça de teatro, incluída no livro Histórias diversas)
Tradução e adaptação de livros infantis;
Lobato também traduziu e adaptou os livros infantis:

Contos de Grimm,
Novos Contos de Grimm,
Contos de Andersen,
Novos Contos de Andersen,
Alice no País das Maravilhas,
Alice no País dos Espelhos,
Robinson Crusoé,
Contos de Fadas
Robin Hood.
Livros para adultos
O Saci-Pererê: resultado de um inquérito (1918)
Urupês (1918)
Problema vital (1918)
Cidades mortas (1919)
Ideias de Jeca Tatu (1919)
Negrinha (1920)
A onda verde (1921)
O macaco que se fez homem (1923)
Mundo da lua (1923)
Contos escolhidos (1923)
O garimpeiro do Rio das Garças (1924)
O Presidente Negro/O choque das Raças (1926)
Mr. Slang e o Brasil (1927)
Ferro (1931)
América (1932)
Na antevéspera (1933)
Contos leves (1935)
O escândalo do petróleo (1936)
Contos pesados (1940)
O espanto das gentes (1941)
Urupês, outros contos e coisas (1943)
A barca de Gleyre (1944)
Zé Brasil (1947)
Prefácios e entrevistas (1947)
Literatura do minarete (1948)
Conferências, artigos e crônicas (1948)
Cartas escolhidas (1948)
Críticas e outras notas (1948)
Cartas de amor (1948)

andreia camargo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s